As vantagens de usar fachadas de vidro

Utilizar fachadas de vidro vai além da estética. Saiba quais são suas vantagens e desvantagens.

 

As fachadas de vidro, seja para edifícios corporativos ou casas, são desde muito tempo atrás, extremamente apreciadas e adoradas pelo público. Independente para qual tipo de projeto seja o vidro, seja ele um vidro temperado, laminado, multilaminado, proteção solar sempre trás consigo uma elegância e modernidade. Além do efeito visual, o vidro também pode proporcionar uma boa luminosidade no ambiente sem deixar a desejar na segurança, isolamento térmico e acústico.

fachada-de-vidros-edificio-corporativo

 

Pontos positivos de uma fachada de vidro:

 

Deixando um pouco de lado a elegância e modernidade que o vidro pode trazer para um edifício, é uma excelente escolha para quem quer manter a interação do interior com o exterior do edifício. Outro ponto importante é a maior luminosidade do ambiente interno e a diminuição de gasto com energia elétrica, que por exemplo, pode ser oferecido pelo vidro laminado e afins.

Alguns podem estar lembrando-se do problema de aquecimento do ambiente graças à radiação solar. Felizmente hoje existem vidros que ajudam a driblar este problema e garantem maior conforto e sendo assim, mais viável do que um vidro comum.

Pontos negativos de uma fachada de vidro:

 

Assim como dito anteriormente, o aquecimento do ambiente pelo sol é um ponto extremamente importante. Realmente é um problema enfrentado por vidros comuns. Mas podem ser resolvidos com a utilização de vidros como de proteção solar. O importante é sempre se lembrar dos fatores naturais antes de decidir qual vidro utilizar para sua fachada.

fachada-de-vidro-residencia

Em ambos os tipos de edifícios, o vidro é sempre bem vindo. Porém, para evitar problemas de insolação no interior do edifício ou de uma residência, saiba exatamente qual tipo de vidro utilizar. Quer saber mais sobre os tipos de vidros e qual é o mais adequado para o que deseja em seu projeto? Leia mais sobre isso.Clique aqui

Compartilhe:

Comentários