Vidro insulado: o que é, quais as características e onde aplicar o vidro duplo

vidro-insulado-vidro-duplo

O vidro insulado é aquele que garante maior isolamento acústico e conforto térmico. Composto por duas peças, unidas por um perfil de alumínio, ele pode ser montado com combinações para juntar propriedades de outros tipos de vidro.

As possibilidades de combinações e benefícios para os usuários tornam o vidro insulado uma excelente escolha para ambientes residenciais, comerciais, industriais e também aplicações específicas como hotéis e hospitais.

Isso faz do insulado um dos vidros mais buscados por arquitetos, engenheiros e outros diversos tipos de profissionais na hora de realizar uma obra.

Assim como o laminado, o vidro insulado – conhecido como vidro duplo no setor vidreiro – também é composto por duas placas de vidro, conforme citamos no início do texto.

Essa junção cria a possibilidade de combinação de propriedades diferentes, além de outros benefícios como o isolamento acústico e térmico. Ao utiliza-lo, também é possível garantir maior economia de energia com sistemas de ar condicionado e aquecedores, por exemplo.

É possível juntar um vidro temperado, até 5 vezes mais resistente que o comum, a um vidro de proteção solar, por exemplo. Com essa união, garantimos mais resistência à peça, que adquire propriedades como maior poder de reflexão e controle térmico.

Essa é só uma das combinações possíveis.

Leia também: As diferenças entre vidros de proteção solar e vidro insulado

O que chama a atenção nessa solução é a possibilidade de ela receber diferentes tipos de vidro.

A escolha vai depender do uso no projeto. Aqui na Divinal Vidros, por exemplo, você encontra o sistema insulado combinado com:

  • vidro temperado – para situações que pedem uma resistência maior;
  • vidro laminado – ideais para aplicações que demandam proteção acústica e contra os raios UV com segurança;
  • vidro de proteção solar – como o próprio nome sugere, é a melhor escolha para edificações que buscam obter boa iluminação com conforto térmico, proteção contra os raios UV e design diferenciado.

 

Fique atento às normas

Na hora de trabalhar com esse tipo de vidro, os profissionais devem se atentar às normas técnicas do mercado, como a NBR 16.015 – Vidro insulado – Características, requisitos e métodos de ensaio – e a NBR 16.023 – Vidros revestidos para controle solar – Requisitos, classificação e métodos de ensaio.

Ambas estão em vigor desde 2012 e asseguram a fabricação de produtos de qualidade e o uso adequado do material. Antes dessa data não existiam no Brasil parâmetros técnicos que orientasse a especificação.

Além desses requisitos, vale seguir também a NBR 15.575 – Desempenho de edificações habitacionais.

Quer saber mais a fundo sobre como é feita a fabricação, aplicação e todos os benefícios do vidro insulado? Acompanhe a leitura a seguir.

Como o vidro insulado é feito?

O processo de fabricação do vidro insulado se inicia a partir da definição das duas peças que serão unificadas.

As peças serão fabricadas e beneficiadas com a melhor qualidade possível, passando por todos os testes necessários.

Depois disso, chega a etapa fundamental da fabricação do vidro insulado: a montagem.

Esse é o momento em que acontece a junção das placas por um perfil de alumínio.

Suas bordas são hermeticamente seladas para que não haja troca gasosa, criando uma câmara interna de ar desidratado.

É preciso um processo muito bem detalhista para que não ocorra erro nesta etapa. Caso contrário, uma condensação interna pode embaçar o vidro por dentro, dificultando a visualização pelo vidro, que terá sua parte interna selada e que não poderá ser limpa posteriormente.

A primeira selagem é feita internamente para evitar a troca gasosa e a segunda na parte externa para garantir a estabilidade de todo o conjunto.

Também é adicionada uma porção de sílica ao conjunto para garantir que não haja umidade dentro do sistema.

Aqui na Divinal Vidros, o processo de fabricação do vidro insulado conta com 7 etapas fundamentais:

  1. Lavagem e secagem
  2. Inspeção visual
  3. Colagem de perfil de alumínio
  4. Alinhamento
  5. Prensa
  6. Aplicação de gás Argônio
  7. Aplicação de Polissulfeto

Cada uma dessas etapas é cuidadosamente executada por nossos profissionais para garantir qualidade máxima à peça.

O vídeo abaixo mostra um pouco mais do nosso processo de produção do vidro insulado. Clique e assista.

Quais são os benefícios do vidro insulado?

Por ser feito de duas peças, o vidro insulado tem a combinação de propriedades como seu grande trunfo.

É possível aproveitar as características de vidros como o temperado, laminado, de proteção solar e diversos outros criando combinações que só são possíveis em uma peça de vidro insulado.

Descrevemos abaixo os principais benefícios adquiridos pelo vidro insulado e suas respectivas combinações possíveis.

Isolamento acústico

Devido à câmara de ar desidratado dentro do sistema, as ondas sonoras encontram dificuldades para atravessar a peça. Isso garante maior isolamento acústico ao ambiente interno mesmo quando há uma grande incidência de ruídos.

Isso faz com que esse seja o vidro mais recomendado quando a intenção do projeto é isolar o ambiente de sons externos, sendo mais de 65% mais eficiente que um vidro comum.

Em casos como este, combinar vidros temperados e laminados é a melhor indicação para garantir a satisfação do cliente.

Conforto térmico

Outra vantagem dos vidros duplos é o conforto térmico. Assim como acontece no caso acústico citado acima, o sistema também impede que haja grande transferência de calor para o ambiente interno.

Isso faz com que, sem perder o aproveitamento da iluminação natural, o local não esquente a ponto de ficar desconfortável para quem o frequenta.

Aqui, recomendamos a utilização de uma peça de vidro de proteção solar. Ela proporciona maior proteção interna, uma vez que conta com propriedades que ampliam a reflexão dos raios solares e menor absorção de calor.

Resistência a impactos

A camada de ar desidratada que há dentro do sistema contribui além do conforto térmico e isolamento acústico. O conjunto também ganha em resistência mecânica.

Por ser um sistema perfeitamente isolado, o vácuo dentro dele faz com que a camada dupla de vidros seja mais resistente que o comum, podendo receber impactos maiores sem que haja a quebra das peças.

Outro ponto importantíssimo para isso é que o sistema pode ser feito com duas peças de vidro temperado ou laminado, aumentando ainda mais a sua resistência.

Onde os vidros insulados são utilizados?

Coberturas

Esse vidro é amplamente usado em coberturas por dois fatores principais: a integridade do sistema e a proteção solar.

Por ser um sistema mais íntegro, robusto e com camada dupla de vidro, ele acaba sendo escolhido para aumentar a segurança no local.

O fator solar também é um grande aliado dessa aplicação em coberturas. Em dias de sol, por exemplo, o ambiente se torna mais agradável por conta do conforto térmico proporcionado pela combinação de peças no vidro insulado.

Estúdios de música

Em estúdios, onde é necessário ter uma visualização entre dois cômodos e isolamento acústico, o vidro insulado é a melhor opção.

Nesses locais, impedir a transmissão de som é um fator determinante para garantir a captação sonora sem ruídos externos. Esse papel é executado com excelência pelo vidro insulado.

É possível ter uma visualização clara de dentro pra fora e vice-versa, mantendo o isolamento das ondas sonoras.

Hospitais e clínicas médicas

Em ambientes hospitalares e clínicos, o controle do ambiente é extremamente necessário para evitar a contaminação e proliferação de doenças.

Por isso o vidro mais indicado para casos como esse é o insulado.

Seu sistema duplo de envidraçamento com camada de ar desidratado faz com que a contaminação seja muito mais dificultada.

Outro motivo é o isolamento térmico, que permite que os ambientes tenham o calor controlado para a realização de procedimentos específicos e também para garantir o conforto de pacientes.

Para uma janela de quarto de hospital, por exemplo, é recomendado o uso do vidro insulado.

Por fim até o isolamento acústico se faz útil em ambientes como maternidades, onde o ideal é que as pessoas no ambiente externo possam ver, mas não podem interferir no ambiente interno de forma alguma.

Outras aplicações

Então quer dizer que o vidro insulado só serve em aplicações específicas como as citadas anteriormente? Não! Muito pelo contrário.

O vidro insulado é utilizado em todos os tipos de projetos, como por exemplo, sacadas, guarda corpos, janelas, portas e muitos outros.

A sua aplicação vai da criatividade do profissional e necessidade de funcionalidade do conjunto que é criado.

Quando falamos de vidros planos, o céu é o limite. O vidraceiro tem muitas possibilidades em um projeto, desde que as normas técnicas sejam seguidas à risca.

Onde encontrar os melhores vidros insulados?

Para entregar projetos de qualidade é necessário contar com produtos de qualidade, principalmente quando falamos de sistemas de envidraçamento mais complexos como o vidro duplo.

E para ter sempre produtos de qualidade com um ótimo prazo de entrega, é necessário contar com fornecedores de confiança para que você nunca fique na mão.

Nós estamos desde 1953 trabalhando no mercado vidreiro para sempre entregar o que há de melhor em vidros e espelhos para todos os profissionais que estão na linha de frente.

Se você busca um parceiro de confiança, entre em contato com o nosso time comercial e conheça a nossa linha completa de produtos.

Compartilhe:

Um Comentário - Escreva um comentário

  1. É um vidro que garante muita proteção tanto a raios UV quanto a ruídos. Esse artigo é muito interessante!

    Responder

Comentários